H.Olhos | Hospital de Olhos Paulista
Central de Atendimento (11) 3050-3333 - Paulista / (11) 4126-6464 - ABC
H.Olhos | Hospital de Olhos Paulista
Início » 5 coisas que você precisa saber sobre o ceratocone

5 coisas que você precisa saber sobre o ceratocone

A A
31 de maio de 2023

Se a sua visão está embaçada mesmo com os óculos que você fez há pouco tempo, não adianta coçar os olhos pra tentar enxergar melhor... até porque, pode ser ceratocone.

O ceratocone é uma doença que atinge a córnea e tem efeito progressivo.

A doença age remodelando e afinando a córnea, tirando seu formato arredondado e formando uma curvatura parecida com a de um cone.

Conhecer mais sobre o ceratocone é fundamental para identificar os possíveis sinais e, também, combater a doença com informação e prevenção.

Dá uma olhadinha nessas 5 informações que separamos pra você:

1. Ceratocone acontece na pré-adolescência

O ceratocone em casos muito raros acontece depois da adolescência. Ainda assim, é essencial o acompanhamento médico.

2. Coçar os olhos pode ajudar na progressão da doença

Se seus olhos estiverem coçando, evite a tentação. A coceira pode forçar a córnea, fazendo com que o ceratocone alcance estágios mais avançados, mais rápido.

3. Ceratocone tem tratamento

Existem diversas opções de tratamento, porém, sempre deverá ser analisado individualmente. Podem ser óculos, lentes de contato específicas para ceratocone, implante de anéis intracorneanos ou até mesmo a cirurgia crosslinking.

Converse com seu oftalmologista sobre a melhor opção para o seu caso!

4. Ceratocone não causa cegueira total

A progressão do ceratocone faz com que os níveis de miopia e astigmatismo sejam elevados mais rapidamente, ou seja, tem grande impacto na qualidade da sua visão. Porém, a doença não é capaz de deixar o paciente com cegueira total

Considere: cegueira total é definida pela perda completa da visão, sem percepção visual de forma e de luz.

5. A doença pode ser hereditária

Não se engane, qualquer pessoa pode ter ceratocone. Porém, fatores genéticos podem ser um ponto de atenção, visto que pacientes com histórico familiar da doença têm maior propensão a doença.

Agora que você conhece mais sobre o ceratocone, que tal espalhar essa informação?

Quanto mais pessoas souberem sobre a doença, maiores as chances de conseguirmos combater as consequências mais graves pela falta de diagnóstico.

Converse com seus amigos e familiares sobre o ceratocone e agende sua consulta!

RT: Dr. Ivan Corso Teixeira - CRM/SP 135997 - RQE 43583



H.Olhos | Hospital de Olhos Paulista Voltar

Newsletter

Receba notícias e dicas sobre o H.Olhos em seu e-mail!

Whatsapp